Guia prático: o que um hóspede espera de um site de hotel?

Ter um site bonito e eficiente é essencial! Veja todas as características que os hóspedes procuram em um site de hotel antes de finalizar uma reserva.

Quando compramos qualquer coisa na internet, o primeiro critério para fechar o negócio é a qualidade do site em que estamos navegando. Sites com problemas de comunicação afastam clientes e interessados, que provavelmente buscarão entre os concorrentes alguma empresa que transmita credibilidade com seu endereço eletrônico.

No mercado hoteleiro isso não é diferente. Ao acessar um site de hotel, as pessoas buscam credibilidade e um site que seja capaz de transmitir segurança e informações precisas. Um site mal feito ou de navegação complexa pode afastar muita gente, principalmente aqueles que não possuem grande domínio das ferramentas digitais.

Nunca podemos deixar de lado dois fatos importantes:

  1. Consumo na internet: O e-commerce não para de crescer. A cada ano os relatórios de faturamento apontam números maiores, o que significa que o consumidor brasileiro está migrando fortemente para as compras online, abandonando antigos hábitos, como visitar uma loja ou fazer sua reserva por telefone;
  2. Imagem corporativa: O site de um hotel é um grande cartão de visitas. Portanto, se não for bem construído, diminuem as chances do faturamento crescer, além de fazer com que o hotel fique à mercê de antigas modalidades de vendas, como centrais telefônicas ou venda direta no balcão.

Você sabe ao certo o que um cliente espera ao visitar um site de hotel? Prepare-se para descobrir nas próximas linhas o que o portal eletrônico de um empreendimento hoteleiro deve oferecer aos clientes para que seja uma boa ferramenta de negócios. Confira!

 

4 características que o hóspede espera de um site de hotel

 

1. Imagem é tudo

Você compraria uma casa ou apartamento sem saber ao certo como ele é? A resposta mais provável é não, afinal, ninguém quer investir seu dinheiro em algo desconhecido e que pode ser frustrante.

A mesma lógica se aplica ao hotel. Mesmo que seja um investimento muito inferior ao preço de um imóvel, o turista não gosta de surpresas desagradáveis, e isso faz das imagens algo fundamental para influenciar na sua decisão de compra.

Um site de hotel precisa ser bem ilustrado. Existe uma necessidade bem grande de apontar cada detalhe, assim o cliente sabe bem em que tipo de hotel vai se hospedar.

Hotéis que comercializam suas diárias via OTAs sabem que uma das maiores exigências para fazer uma parceria são as fotos em alta resolução de todas as dependências.

Canais de vendas mais exigentes costumam até entrar em contato com a gerência requisitando mais detalhes antes de abrir as vendas. Esse comportamento adotado pelas OTAs demonstra bem a exigência dos clientes. Não se pode descuidar da imagem, ela é fundamental para vender um hotel.

Dica importante: Cuidado para não carregar imagens muito modificadas ou que não representem a realidade atual do hotel. Clientes que se sentem enganados dificilmente irão dar uma segunda chance, até mesmo para toda a rede (caso o empreendimento em questão seja parte de uma).

 

2. Transparência informacional

Muita gente ainda fica com o pé atrás na hora de fazer compras na internet. Como ainda existem muitos casos de sites maliciosos e golpes eletrônicos, as pessoas buscam comprar apenas onde sabem que é seguro.

Um bom site de hotel deve ser desenvolvido com todos os cuidados de segurança. Além disso, é necessário buscar certificações eletrônicas e utilizar um bom sistema de reservas e pagamento.

Junto com esse aspecto soma-se também as informações usuais da hotelaria, tais como:

  • Horários de check-in e check-out;
  • Valores das diárias e pacotes;
  • Regras de hospedagem;
  • Precificação de serviços extras.

Um site bem explicativo e que transmite confiança para quem navega por ele é fundamental para auxiliar nas vendas do hotel.

Outro ponto importante: informações em mãos são sinônimo de comodidade para o consumidor. Quando ele não encontra a informação que necessita, existem dois caminhos: ou insistir um pouco mais e acionar outro canal de comunicação como e-mail ou telefone, ou então desistir do hotel e buscar outro.

E aqui fica uma pergunta: você gostaria de perder clientes por falta de informação?

 

3. Responsividade

Um site responsivo é um endereço da internet que se adapta às telas dos diferentes dispositivos, seja ele um celular, um tablet ou um computador convencional. A responsividade é apontada como um fator imprescindível para o e-commerce nos dias de hoje.

A quantidade de acessos à internet via dispositivos móveis está crescendo bastante, tanto no Brasil como ao redor do mundo, e isso significa que não há mais espaço para sites que só operam bem em um computador.

O crescimento no volume de vendas mobile também é um alerta para este ponto. Se as pessoas estão comprando cada vez mais com seus smartphones, quem não se adequar irá perder vendas.

 

4. Motor de reservas

De nada adianta um site bonito, explicativo e responsivo se o sistema de reservas não opera com a mesma qualidade. Além de ser fundamental para garantir a confiança do cliente, o motor de reservas representa um grande aliado das vendas online.

Portanto, se ele for falho, permitir reservas em dias sem disponibilidade ou não transmitir corretamente as informações sobre reservas já feitas, o hotel vai colher mais problemas do que soluções.

Cuidado na hora de escolher o sistema, os impactos de muitos erros neste setor são devastadores para os hotéis, principalmente quando estão na alta temporada.

 

Esses são alguns dos aspectos fundamentais para criar um bom site de hotel. Lembre-se que muitas redes e concorrentes já estão se adequando (ou já se adequaram) às necessidades do consumidor para que ele utilize o site como principal meio de compra. Não deixe esse assunto para outra hora!

Mesmo que isso represente um investimento indesejado, garantir uma boa navegação e uma experiência positiva para o cliente é fundamental para fidelizá-lo e garantir que ele passe muitos momentos hospedados no seu hotel.